05-05-2019

Mercado de calçados em knit cresce em ritmo acelerado

 

Segundo relatório da Allied Market Research, 
segmento deve ter incremento de mais de 50% até 2025

 

 

A busca por um estilo de vida mais confortável impulsionou o desenvolvimento do mercado de calçados em knit. Produtos feitos com a malha tecnológica, que une técnicas de tricot a sistemas inteligentes, se tornaram cada vez mais populares entre os consumidores do mundo todo por agregarem funcionalidade, versatilidade e moda. Segundo dados do relatório Shoe With Knitted Upper Market, realizado pela Allied Market Research, estima-se que, em 2025, este segmento deve valer US$ 3.195,1 milhões (ante os US$ 2.031,0 milhões de 2017) – um crescimento de aproximadamente 57%.

No Brasil, a Top Shoes Brasil | Fiber, com sede em Campo Bom, no Rio Grande do Sul, é referência na produção desta matéria-prima. Reconhecida por seu DNA inovador, a empresa, que foi pioneira em trazer o knit para solo nacional, une design moderno a tecnologias inovadoras, com foco constante em apresentar as melhores soluções para seus parceiros. “Estamos sempre atentos às novas tendências de moda e mercado. E, quando vimos o potencial desta matéria-prima, não hesitamos em importar as melhores máquinas alemãs para produzi-la internamente”, assegura Gustavo Dal Pizzol, diretor e criativo da companhia.

 

 

 

 

Além de garantir extremo bem-estar para o usuário, a malha técnica também facilita os processos industriais. “Para produzir um sapato em knit, pode-se dispensar a utilização de algumas matérias-primas tradicionais, como o forro, o contraforte e a couraça. Esse material também é inovador porque elimina processos de montagem e reduz a mão de obra. Ou seja: há um ganho perceptível na produtividade”, detalha o empresário.

 

 

 

 

A possibilidade de tecer a malha em 3D é outro ponto positivo. Quando fabricado no formato exato do pé (com o cabedal inteiro, na quantidade exata que será utilizado), o knit não gera resíduos para o meio ambiente e, consequentemente, reduz o custo das calçadistas. Segundo Dal Pizzol, a matéria-prima já nasceu na pegada ecológica – e esse conceito está de acordo com as diretrizes de sua companhia. “A Top Shoes Brasil é uma empresa sustentável. E esse material consagra esse compromisso. Inclusive, temos opções de fios biodegradáveis, além de fibras ecológicas, feitas com material PET recuperado da natureza.”

 

Vanguardista, a Top Shoes Brasil | Fiber acompanha as transformações e evoluções do mercado. Com mais de dez anos de história, se destaca por fornecer matérias-primas de última geração, além de desenvolver coleções de calçados versáteis e originais. “Nosso diferencial é este: produzimos materiais e oferecemos serviços exclusivos”, finaliza Dal Pizzol.


Crédito: Lucas Dal Pizzol/DP Produções

Por: Top Shoes Brasil

shop

JOHN JOHN
COTURNO CONRAD BLACK COURO
R$768,00
BO.BÔ
BRINCO STELLA
R$898,00
BOBSTORE
BOLSA PALHA COM PINGENTE
R$420,00

vitrine

  • BO.BÔ

  • COCA COLA JEANS

    Tênis Los Angeles Low

  • PK

  • BO.BÔ

    Colar Queen

  • Bebecê

  • RAFARILLO

  • BO.BÔ

  • Converse

  • M.OFFICER

  • CRAVO CANELA

  • Loucos & Santos

  • Cristofoli

  • Le Lis Blanc

  • Bottero

  • Jorge Bischoff

Moda Shoes Beauty - © Copyright 2019 - Todos os direitos reservados.